Flexões de tronco mais pesadas ​​a partir de uma plataforma elevada

 
A carga no seu peitoral, deltóides e tríceps é 9 a 15% mais pesada se colocar os pés sobre uma plataforma elevada ao realizar as flexões de tronco, isto segundo cientistas desportivos da Universidade de Wisconsin-Parkside numa publicação que sairá em breve no “Journal of Strength and Conditioning Research”.
As flexões de tronco são o exercício mais popular do planeta para desenvolver força na parte superior do corpo. Mas os atletas mais fortes, mais cedo ou mais tarde, desistem das flexões de tronco e passam para o supino e aberturas, porque acham que os seus músculos já deixaram de ser estimulados pelas flexões de trono.
No entanto, as flexões de tronco  trabalham músculos da parte superior do corpo que são facilmente negligenciadas se treinarmos sómente com pesos, por isso alguns treinadores insistem que os seus atletas mantenham o exercício flexões de tronco nas suas sessões de treino. Mas, usam-no de forma a que possa proporcionar ganhos de força muscular.
A maneira clássica de tornar as flexões de tronco mais pesadas é colocando os pés sobre uma superfície elevada. Se não for forte suficientemente forte para realizar as flexões de tronco da forma clássica, pode colocar as mãos numa superfície elevada. No estudo a que nos referimos aqui, os investigadores queriam medir o quão mais pesado ou mais leve se tornam as elevações de tronco quando realizadas a partir de uma superfície elevada. Eles usaram plataformas com cerca de 30 e 60 cm de altura.
Exemplo da execução correcta das flexões declinadas.
Os investigadores mediram a “força de reacção do solo” [GRF] durante a execução das flexões de tronco. Essa é a força que o solo exerce sobre o corpo durante o movimento. Quando os indivíduos do teste colocaram os pés numa plataforma de 30 cm de altura, o GRF máxima foi 9% mais elevada do que quando o flexões de tronco foram realizadas com os pés ao nível do chão. Quando os indivíduos colocaram os pés numa plataforma a 60 centímetros acima do solo, a GRF foi 15% mais elevada.
Tabela 1

A tabela acima mostra como calcular o número de kgs que passa a fazer ao realizar flexões de tronco com os pés elevados, de acordo com o seu peso corporal.
E agora já sabe que, se as flexões apenas com o seu peso corporal se tornarem demasiado fáceis e conseguir adicionar peso, pode sempre fazer flexões de tronco declinadas de forma a aumentar o desafio e a dificuldade do exercício.

FONTE:  Musculacao.net
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Para mais informações entre em contato:
acadhemia@gmail.com
83 98730 5644 (só mensagem).

 

Subscribe to our Newsletter

Contact

Email us: acadhemia@gmail.com

Our Team Memebers