Glutamina: Saiba mais sobre o aminoácido que você mais tem no corpo

O que é glutamina?
A glutamina é o aminoácido mais abundante no corpo humano, a glutamina representa praticamente 60% do tecido muscular. Também é combustível usado pelo aparelho digestivo e imunológico. 19% das moléculas de glutamina são compostas por nitrogênio, tornando se assim o principal condutor de nitrogênio para dentro dos músculos. É encontrada em alta concentração no cérebro, músculos, intestinos, pulmões, coração e rins e fígado.
Principais funções da glutamina:
1- Fonte de energia para o sistema imunológico.
2- Ela é convertida em acido glutâmico no cérebro e promove a síntese de GABA (um neurotransmissor importantíssimo). Alguns especialistas em neurociências acreditam que a glutamina melhorar as funções mentais.
3- Mantém a integridade estrutural e a saúde do revestimento intestinal. 4- Desempenha um papel fundamental na síntese de proteína nos músculos, ajudando
principalmente na recuperação e construção muscular. 5- Ajuda no controle de açúcar no sangue.
Por que necessitamos de glutamina?
Utilizamos glutamina para transportar amônia e nitrogênio pela corrente sanguínea, por isso nosso corpo tenta manter sempre constante a quantidade de glutamina no sangue. O sistema digestivo também mantem os níveis de glutamina sempre em ordem por ajudar a lidar com dietas ricas em proteína.
Mas como mantemos esses níveis?
A maior fonte de glutamina do nosso corpo são os nossos músculos com cerca de 60% do total. Quando praticamos atividades físicas a quantidade de glutamina que precisamos na corrente sanguínea é maior do que a já circulante. Como nosso corpo já esta no limite por causa da atividade física nosso organismo busca essa glutamina em nossos músculos. É exatamente nesse momento que suplementação de glutamina é uma boa ideia.
Agora, pra ficar mais claro, nossos níveis de glutamina caem ate 50% após alguma atividade intensa. Quando o tecido muscular está debilitado (pós-exercícios), a glutamina é solicitada para ajudar na síntese de proteína nas células musculares e com isso ajudar a recuperar e crescer a musculatura. Porém nossos músculos utilizou grande parte da glutamina armazenada para estabilizar a quantidade de glutamina em nossa corrente sanguínea durante a atividade física logo será necessário muitas horas até mesmo dias (dependendo da intensidade da atividade) assim a recuperação muscular é comprometida.
Seguindo essa linha de raciocínio vemos que glutamina não é apenas importante, mas também fundamental para melhor funcionamento de sistema imunológico, digestivo e mental além da recuperação muscular.

FONTE: Buscasaude.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Para mais informações entre em contato:
acadhemia@gmail.com
83 98730 5644 (só mensagem).

 

Subscribe to our Newsletter

Contact

Email us: acadhemia@gmail.com

Our Team Memebers