CARBOIDRATO CHEFE DOS ATLETAS: Batata Doce


     Um dos pontos que faz desse alimento ser um grande sucesso nas dietas, é principalmente devido ao seu baixo índice glicêmico (IG), em torno de 77.  Esse também é um fator que exerce preferência quando comparado com a batata inglesa, que possui um IG de 121. Mas, não pense que para por aqui, os valores nutricionais desses tubérculos são bem diferentes. A batata doce ganha em disparado na quantidade de ferro, além de possuir 5 vezes mais cálcio. Ela também é detentora de alto teor de vitaminas, especialmente a vitamina A e fonte poderosa de fibras.


     A fase pré contest é conhecido como o período que um atleta estar se preparando para um campeonato. Este é um período voltado para definição muscular, então qualquer erro na alimentação pode levar ao insucesso do atleta, então é nesse momento que a alimentação deve ser precisa e variar o menos possível. E dentre desta pequena variedade, a batata doce é a preferida como a principal fonte de carboidrato acompanhada com um peito de frango como fonte principal de proteína.



COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA BATATA DOCE


CONSTITUINTES


TEORES NAS RAÍZES (100 gramas)
Calorias
100,88 – 116 kcal
Carboidratos
13,4 – 29,2 %
Proteínas
1,75 – 2,9 %
Lipídeos
0,3 – 0,8 %
Fibra Bruta
1,3 – 3,8 %
Cálcio
28, 07 mg
Ferro
0,8 mg
Vitamina A
21824,56 UI
Água
59,1 – 77,7 %


     Não esqueça que a dieta deve ter um equilíbrio entre todos os nutrientes, pois não vai adiantar utilizarmos uma ótima fonte de carboidratos e não existir harmonia entre os outros nutrientes. Também, vale ressaltar, que o praticante de atividade física deve procurar um profissional apto para informar as necessidades energéticas adequadas.
Doce energia

A batata-doce é um alimento de alto valor energético, ou seja, rico em carboidratos. Também fornece quantidades razoáveis de vitamina A, C e algumas do complexo B. A batata-doce é uma raiz da família Convolvulácea, originária da América Tropical. As raízes e ramas também são utilizadas na alimentação animal. Na indústria, a batata-doce é matéria prima para fabricação de álcool, amido, pães e doces.

COMO COMPRAR

Dependendo da cultivar, a batata-doce pode ter a pele branca, creme, amarela, rosada, avermelhada ou roxa. A polpa pode ser branca, creme, amarela, rosada, roxa ou branca com manchas roxas. Uma mesma variedade pode ter a pele e a polpa de cores diferentes. Raízes de polpa creme, amarela ou roxa são mais ricas em vitamina A do que as raízes de polpa branca. Ao comprar batata-doce, deve-se evitar raízes com início de brotação, pois duram menos e perdem o valor nutritivo. Os danos por inseto ou broca podem ser superficiais. Neste caso, a qualidade do produto não é alterada e a parte atacada é eliminada no descascamento. Quando os danos são internos, a broca causa sabor amargo característico, cheiro alterado e polpa escura.

COMO CONSERVAR

As raízes podem ser conservadas por um longo, período de tempo em condição natural, desde que o local seja seco, fresco e bem ventilado. Neste caso, não é aconselhável colocar as raízes em saco de plástico pois a brotação será acelerada e a durabilidade reduzida. Sob temperatura baixa, as raízes ficam escurecidas, com cheiro e sabor alterados, e permanecem duras após o cozimento. Por isso, a batata-doce só deve ser mantida em geladeira por curtos períodos de tempo, sempre na parte mais baixa e em sacos de plástico para evitar ressecamento.
COMO CONSUMIR

As raízes podem ser consumidas diretamente cozidas, assadas ou fritas, ou na forma de doces, pães e bolos. As folhas ou brotos podem ser consumidos refogados, empanados ou em sopas. Seu sabor lembra o espinafre. A batata-doce pode ser cozida também com casca. Neste caso, deve-se lavar as raízes antes, em água corrente. Caso se pretenda descascar as batatas antes do cozimento, deve-se realizar este procedimento debaixo da água, pois as raízes têm uma liga que gruda nas mãos. Além disso, depois de cortadas, escurecem rapidamente.

A batata-doce pode ser congelada. Para isso, deve-se cozinhar as raízes até que fiquem macias, descascá-las e amassá-las formando um purê. Pode-se acrescentar 1 colher (chá) de margarina para cada 1/2 kg de purê. Deve-se acondicionar o purê em vasilha de plástico rígido e levar ao congelador, onde pode ser conservado por até 6 meses.
DICAS

* A batata-doce aceita como tempero: canela, cravo-da-índia, noz-moscada, mel, melado e açúcar mascavo.

* Para assar batatas-doces em forno doméstico, coloque-as sem descascar em forno com temperatura alta por 1 hora, ou até que estejam macias ao enfiar um garfo ou faca.

Receitas
Croquete de batata-doce (Fonte: Vida e Saúde, setembro de 1977)
Ingredientes:
* 1 Kg de batata-doce cozida e bem amassada;
* 1 xícara (chá) de cheiro verde picado;
* 1 colher (sopa) de azeite de oliva;
* 2 ovos;
* 1 colher (chá) de noz-moscada;
* Sal e pimenta a gosto;
* Óleo para fritar;
* Farinha de trigo para empanar;
* Farinha de rosca para empanar.
Modo de fazer:
l Aqueça o azeite e refogue o cheiro verde;
l Junte a batata-doce, o cheiro verde, um ovo, a noz-moscada, sal e pimenta a gosto e
misture bem;
l Enrole os croquetes e
passe-os em farinha de trigo. Em seguida, passe-os em ovo
batido e depois em farinha de rosca;
l Frite os croquetes em óleo quente. Após fritar, coloque-os sobre papel absorvente.
Obs: A massa é mole.
Rendimento: 40 unidades
Tempo de preparo e cozimento: 50 minutos
Sugestão: pode-se acrescentar carne moída, frango e/ou queijo.

Batata-doce glaçada
(Fonte: Emater-DF)
Ingredientes
* 6 batatas-doces médias, cozidas, descascadas e cortadas em rodelas;
* 1/2 xícara (chá) de manteiga ou margarina;
* 1/2 xícara (chá) de melado;
* 1/2 xícara (chá) de açúcar mascavo.
Modo de fazer:
l Ligue o forno em temperatura moderada;
l Arrume as batatas em recipiente refratário;
l Numa panela, mistureo açúcar, o melado e a manteiga e deixe cozinhar por cinco minutos, mexendo continuamente;
l Despeje essa calda sobre as batatas e leve-as ao forno, molhando-as freqüentemente com a calda, por 20 minutos ou até que estejam bem glaçadas (com aparência lustrosa).
Rendimento: oito porções.
Tempo de preparo e cozimento: 30 minutos
Sugestões: Ideal para o café da manhã (servir com a calda).

Batata-doce ao forno
Ingredientes:
* 1 kg de batata-doce cozida e amassada;
* 3 gemas;
* 3 claras em neve;
* 200 g de mussarela cortada em fatias;
* queijo ralado para polvilhar;
* sal e pimenta a gosto.
Modo de fazer:
l Tempere a batata amassada com sal e pimenta a gosto, junte as gemas e misture bem; por último acrescente as claras e misture levemente;
l Coloque numa forma refratária a metade da massa de batata, em seguida faça uma camada de mussarela e por último acrescente o restante da massa de batata. Polvilhe com queijo ralado;
l Leve para assar em forno preaquecido em temperatura média por 30 minutos.
Rendimento: 06 porções.
Tempo de preparo e cozimento: 40 minutos
Sugestões: Pode misturar na massa de batata carne moída ou frango.
FONTE: Cnph.embrapa.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Para mais informações entre em contato:
acadhemia@gmail.com
83 98730 5644 (só mensagem).

 

Subscribe to our Newsletter

Contact

Email us: acadhemia@gmail.com

Our Team Memebers