Os grandes erros cometidos pelos adolescêntes quando iniciam na musculação.

 Neste artigo, conversaremos sobre os erros mais comuns cometidos pelos adolescentes ao iniciarem e como evitá-los, para obter grandes resultados.

1 - Metas impossíveis - Certamente um dos erros mais frequentes é ter expectativas irreais. Como eu mencionei, estes foram erros que eu também cometi quando iniciei. Já que não posso dizer o quanto de músculos você ganhará, já que cada pessoa adquire músculos a taxas diferentes, arriscaria dizer que se você conseguir 9 quilos de músculos sólidos no primeiro ano, então você terá sido fenomenal. Construir um corpo campeão leva tempo, exige a aplicação consistente de bons exercícios, uma dieta adequada e descanso. Musculação é uma atividade que exije paciência. Contudo, você pode manter-se motivado e ter certeza de que está na direção certa se acompanhar seu progresso. Meu conselho é para que tire uma foto de sí a cada quatro semanas. Acompanhe seu peso e medidas. Peça a alguém ,habilitado, para medir sua dobra cutânea. Assim, a cada quatro semanas você poderá saber para onde seu corpo está indo e ajustar seu programa. É dito que uma foto diz mais do que mil palavras e você ficará surpreso sobre como mais fotos poderão lhe falar melhor sobre o seu desenvolvimento do que as medidas. Por exemplo: Você fez as medidas mas não fotografou seu corpo e seus braços mediram 35cm. Quatro semanas depois eles tinham a mesma medida (e seu peso permaneceu constante), você poderia pensar que não houve progresso. Contudo, se tivesse tirado fotos poderia ver mais desenvolvimento do que apenas lendo suas medidas. Veria que ganhou massa muscular e queimou gordura. Se você gravou o resultado da medida da dobra cutânea e observou que agora ela diminuiu, então, com certeza, você ganhou músculos e perdeu gordura. Se você usa uma planilha em Exel para acompanhar seu desenvolvimento ( e a planilha aceita fotos), ficará surpreso com os resultados que poderão ser obtidos em um ano, se todos os aspectos do seu programa de musculação forem seguidos, rigorosamente.

2- Falta de perseverança - Alguns jovens pensam que se eles "malharem" por duas ou três semanas e descansarem por duas, poderam voltar e retomar oas treinos de onde pararam. Contudo, não é verdade. Esta falta de perseverança fará com que fiquem estagnados e não permitirá ganho muscular. Seja determinado em todos os aspectos do seu programa de treino (treino, ganho e descanso) Ao final do dia, a determinação será a sua maior aliada para obter ganhos significativos.

3- Ir para a academia sem um plano de treino - Tenho visto muitos adolescentes vagando pelas academias fazendo um exercício após o outro, tão pesados quanto o possível, sem qualquer objetivo. Isto, não é só um caminho para resultados medíocres, mas também para sérias lesões. É muito importante que se tenha um bom programa de exercícios antes de iniciar os exercícios. Dê uma olhada em artigos relacionados para obter informações de como é um bom programa de exercícios.

4- Seguindo a rotina de um campeão - No outro lado da moeda nós temos jovens com um plano definido, talvez, aquele maravilhoso plano de um campeão do mundo. Porém, este plano está muito longe de ser atingido por um jovem iniciante ou de nível intermediário. Uma vez que o aluno tenha treinado por uns dez anos, então saberá como seu corpo responde aos treinos. Geralmente, a rotina de treino tem como objetivo as partes fracas do corpo, mantendo as partes fortes. Além disto, a rotina profissional pode ter mais exercícios de isolação do que a rotina para iniciantes ou intermediários deveria ter. Finalmente, o volume e frequência de treinos de um programa para profissional, logicamente, é muito superior a de um iniciante. Por tudo o que foi dito, um programa de treino profissional poderá causar lesões a um aluno iniciante ou intermediário.

5- Exercícos errados - Outra vez, este é mais um engano que ocorre quando se segue uma rotina mais avançada. Exercícios para ganho de massa devem ser curtos (1 hora máx.) e focar, principalmente, pesos livres, e exercícios combinados. Muitos exercícios em máquinas e movimentos de isolação darão pouco ou nenhum resultado.

6- Muito peso da forma errada -Temos visto adolescentes ambiciosos que utilizam cargas muito pesadas tentando obter resultados rápidos. Na minha opinião, adolescentes não devem levantar cargas pesadas. Durante este período, os músculos crescem mais rápidos do que os tendões e ligamentos. O esforço para a "maximização", que significa levantar o máximo de peso que se pode aguentar em uma repetição, pode aumentar, em muito, as chances de lesões, principalmente quando feito do sem a postura adequada. Tenha em mente que o peso é apenas um meio para se atingir um objetivo. Usamos o peso apenas como ferramenta para induzir estresse controlado nos músculos, levando a hipertrofia (crescimento do músculo). Não somos halterofilistas, então, o foco deve ser as séries de 8 a 15 repetições da forma correta, tal que os pesos estimulem os músculos e não sobrecarreguem as juntas. Você ficará surpreso com os ganhos que poderá obter, com segurança e usando pesos mais leves.

7 - Falta de atenção a dieta - Muitos jovens levam os treinos a sério, mas obtem puco progresso. Nove entre dez casos ocorrem por uma dieta errada. Tenha em mente que o treino dispara o processo de crescimento muscular, mas é a nutrição a única responsável por alimentar o crescimento. Ou seja, alimentação errada é igual a nenhum progresso.

8 - Comer tudo o que está a vista, pensando em "bombar" - Na verdade você só precisa de um pequeno excedente calórico (cerca de 500 calorias a mais do que gastou). Excesso de calorias, especialmente as que vem dos açúcares e gorduras, somente o engordarão. Então, siga uma dieta planejada. Lembre-se, seis pequenas refeições, por dia, espaçadas de 2 a 3 horas e consistindo de carboidratos complexos (como arroz integral, aveia e batatas doce) para dar energia durante seus exercícios. Proteínas magras (como peixe branco, galinha e peru) para a construção dos músculos e uma pequena quantidade de gordura (como óleo de oliva extra virgem) para uma produção de hormônios normal. Três refeições adicionais (café da manhã, almoço e jantar) combinadas com proteínas (como Pro V60 ou Lean Body Mass 60), e suplementos (como Lean Body MRPs, RTDs ou barras), entre as refeições normais, farão a diferença.

9 - Não dormir - Isto pode ser duro de engolir para os jovens cheios de energia, especialmente no verão. Lembrem-se que músculos crescem durante o sono. Prive-se do sono e sua atividade hormonal (sua produção natural de esteróide) cairá, assim como o crescimento muscular. Oito ou nove horas de sono, por noite, dará a você o máximo crescimento. Sete seriam, provavelmente, o mínimo.

10 - Esperar que os suplementos alimentares façam tudo por você - Muitos adolescentes enganados por anúncios inescrupulosos que dizem que os suplementos são a parte mais importante para quem quer construir um corpo musculoso. Contudo, isto pode não estar longe da verdade já que o caminho para um corpo "sarado" passa pela execução correta dos exercícios, um plano de nutrição e do resto. Assim, pare com a obscessão de querer encontrar algo que lhe dê 10 quilos de músculos em 30 dias e se concentre no que realmente funciona. Concentre-se também em provar, de forma responsável, suplementos que sabemos que funcionam, como vitaminas e minerais, proteínas e gorduras essenciais. Para adolescentes que tenham entre 18 e 19 anos e tenham treinado por, no mínimo três anos, produtos como creatina, glutamina e óxido nítrico podem ser extremamente úteis para se atingir o próximo nível. Agora que você já sabe quais são os erros mais cometidos pelos adolescentes, não vá cometê-los. 
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Para mais informações entre em contato:
acadhemia@gmail.com

 

Subscribe to our Newsletter

Contact

Email us: acadhemia@gmail.com

Our Team Memebers