EMAGRECIMENTO COM MUSCULAÇÃO - QUERO SER UM BODYBUILDER / APRENDENDO A GOSTAR DA MUSCULAÇÃO

QUERO SER UM BODYBUILDER!

Foi com este pensamento que o jovem Michel Vieira, hoje com 27 anos, obeso, hipertenso e apresentando alguns problemas de saúde, declarou guerra contra a obesidade. O preconceito, as brincadeiras pejorativas em relação ao seu corpo, que faziam a sua autoestima piorar a cada dia, estariam com os dias, ou melhor, meses contados. Recebeu apoio e adesão firme e imediata da sua mãe, Maria Angélica Buttignoli, que preparar as suas refeições, e do sobrinho, Vinícius Vieira do nascimento, que o levou a academia, onde encontrou o treinador Marcos Roberto de Souza, o Marcão, que logo se tornaria seu amigo. O ambiente da Academia Irom Flex foi muito propício, fez amizade com os colegas de treino e com os demais profissionais, um relacionamento de integração social altamente importante para enfrentar o desafio que fez a si próprio: EMAGRECER 70 QUILOS SÓ COM MUSCULAÇÃO E DIETA!
O TREINAMENTO

Na academia orientaram mudanças periódicas nos programas de treinamento, o que lhe proporcionava maior motivação.
Sempre preferiu trabalhar cada grupo muscular em um dia específico, com 2 a 4 séries de cada exercício e repetições oscilando entre 8 e 12. Buscando fazer os movimentos com técnica correta, de forma concentrada e a respiração controlada, sempre enfatizando a fase excêntrica de cada movimento.
Semanalmente faz algumas mudanças em seus treinos, troca as barras pelos halteres em alguns exercícios, emprega aleatoriamente algumas técnicas de intensidade, como super séries, bi-sets e repetições forçadas, conforme a disposição em cada dia de treino. Antes das sessões chegavam a durar bem mais de uma hora, mas hoje, melhor condicionado, prefere aumentar a intensidade e reduzir o tempo de sessão de treino. Jamais gostou de exercícios aeróbios, mas chegou, no inicio, a fazer algumas horas de esteira, para compensar o seu mau condicionamento para exercícios com pesos e gastar mais energia. Depois, na medida em que os treinos de musculação se tornavam mais intensos, reduziu a atividade aeróbia para apenas duas vezes na semana por uns 30 a 40 minutos por sessão.

A DIETA ALIMENTAR


No inicio de novembro de 2010, começou a cortar lentamente os alimentos mais calóricos. Mas conta que na virada do ano foi à praia e em quatro dias recuperou quase 4 quilos por dia, foi a “gota d’água”, disse. Então, no dia 3 de janeiro de 2011, foi o dia do decreto do fim do “lixo” alimentar e a morte do Michel gordo, ao menos no comportamento e na dedicação. Eliminou absolutamente tudo que poderia se colocar no caminho do seu objetivo, mas confessa que teve alguma dificuldade com os queijos, que até hoje são a sua fraqueza.
“Decidi seguir a dieta pré-contest dos fisiculturistas da minha academia, a velha combinação de frango, ovo, batata-doce e arroz, fazendo sete ou oito pequenas refeições/dia que deu super certo comigo”. A suplementação no início foi com whey e BCAA, Depois, com a pressão arterial normalizada e uma grande melhora na saúde em geral, chegou a usar algum termogênico e pré-treinos, mas sempre acompanhado do whey protein e BCAA. Eventualmente o
animal Pack para suprir vitaminas e minerais eventualmente ausentes na sua dieta restrita.
 
 
Michel, emocionado, conta como foi a sua luta e como se sente hoje com quase 70 quilos a menos de peso. Em muitos momentos pensei em desistir... Quando a comida não desce mais, a vontade por alimentos engordativos aumenta, principalmente quando o peso corporal fica estagnado, por muitos dias ou mesmo por semanas. A vontade de abandonar tudo é enorme, e por diversas vezes confesso que chorei.... Achava que não seria capaz, tinha ânsia por resultados mais rápidos, mas é nessa hora em que somos testados, que precisamos nos superar, buscando forcas em tudo. Fiz do meu quarto um templo de motivação, com vídeos, músicas, sites e revistas como a M&F, para me manter 100% focado no meu objetivo e sonhando com o resultado que viria e que seria o meu prêmio. Esse foi sem dúvida o principal fator do meu progresso.
Hoje, a minha vida é outra, me sinto ótimo, em paz comigo mesmo e com todos os demais.
Sei que para realizar o meu sonho de ser um bodybuilder ainda preciso perder mais gordura e ganhar massa muscular. Por esta razão continuo firme na dieta. Mas hoje acredito mais me mim, passei a minha vida achando que era um perdedor, mas a musculação me mostrou que posso ser um vencedor e, principalmente, um ser humano melhor. É, como se tivesse nascido em mim outra pessoa, muito mais confiante no meu potencial sinto que posso guiar e minha vida pelos caminhos de minha escolha, por mais árduos e difíceis que sejam.”


INSPIRAÇÃO NO BODYBUILDING

Como acontece com todos aqueles que almejam ter um grande físico, denso e musculoso, Michel também busca  motivação em alguns ícones do fisiculturismo.
 
Entre os profissionais, prefere os físicos clássicos dos  anos 90, como kelvin Levrone e Flex Wheeler, que, juntos com o Shaw Ray, considera os shapes mais perfeitos da história. Atualmente, o seu favorito é o Mr. Olympia, Phil heath. Admira também kai Greene, sendo principalmente nos vídeos deste atleta onde busca motivação para treinar, embora não lhe agrade o tipo físico de kai.
Aqui no Brasil, é fã de carteirinha do Alex dos Anjos, não só como atleta, mas também como pessoa, afirma. Também aprecia muito o físico, a pessoa e o exemplo de Nortom James Murayama.
Faz questão de lembrar-se dos atletas da sua academia, que o inspiraram e motivaram mesmo antes de conhecer as grandes “feras” da musculação. Tem como ídolo o seu treinador e mestre, Marcos Roberto( Marcão), o campeão Paulista Alex Leonardo batalha Martinez, os amigos e competidores Gabriel Rodrigues, Leandro Rodrigues de Freitas, Claudio Buffalo Junior e Rogério Ramalho.
Competidores do primeiro campeonato que o Michel assistiu e que contribuiu para reforçar ainda mais a sua decisão de seguir o caminho do fisiculturismo.


RECADO DO MICHEL PARA TODOS OS GORDINHOS:
Antes de mais nada, perguntem a si mesmos o quanto vocês realmente querem uma vida saudável e o quanto estão dispostos a dar por isto. Depois procurem um bom profissional para ajudar. Sigam com critério o treino e a dieta que lhe passarem e cuidem da mente, busquem motivação sempre que possível, não esperem ficar desesperados.
Busquem ídolos e se espelhem neles, façam tudo com amor, pois é a sua vida que está em jogo e todos devemos nos amar em primeiro lugar, pois não se pode dar o que não se tem.

EMOÇÃO E TRISTEZA

Quando entrevistei o Michel, percebi em suas palavras uma grande emoção, como se ele realmente tivesse renascido para a vida. Essa emoção também tomou conta de mim, mas ao mesmo tempo veio um sentimento de perda e tristeza, por imaginar quantos milhares ( ou milhões) de jovens como o Michel foram afastados da musculação durantes estes mais de 50 anos em que estou no esporte. Não por culpa deles, mas foram impedidos ao acesso e aos benefícios da musculação, desestimulados, ou mesmo proibidos de treinar, muitas vezes pelos próprios pais, professores e profissionais da saúde, que divulgavam crenças absurdas, males existentes apenas no imaginário, decorrentes de hipóteses sem base alguma e divulgadas como verdade cientifica. A enorme lista de acusações ridículas, descabidas e desprovidas de um mínimo de bom senso contra a musculação e seus praticantes provocou um grande estrago, notadamente entre a juventude. Moços e moças poderiam ter sido mais felizes, com SUS corpos, saúde física e mental, aprimorados e  esculpidos pela musculação. Quem sabe afastados das drogas e melhor integrados no convívio social pela frequência as  academias, com seu ambiente saudável, alegre  e participativo.
O exemplo do Michel não é o único, mas isso não tira o valor do nosso herói, ao contrário, que sirva  de estímulo e exemplo a tantos outros como ele. Que nos ajude a liquidar de vez com o preconceito e desinformação, seja por parte de leigos ou de profissionais da saúde ainda desatualizados e presos a conceitos arcaicos.
Temos o direito de melhorar a nossa aparência pela mudança da composição corporal, aumentar o tamanho dos músculos, desenvolver nossa força, aprimorar a saúde e de sermos seres humanos melhores, se isto nos fizer felizes.
 


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Para mais informações entre em contato:
acadhemia@gmail.com
83 98730 5644 (só mensagem).

 

Subscribe to our Newsletter

Contact

Email us: acadhemia@gmail.com

Our Team Memebers