MITOS E VERDADES SOBRE A VITAMINA C


A vitamina C é um nutriente que, em conjunto com diversos outros nutrientes, faz parte do sistema imunológico, e já foi verificado que em resfriados existe uma excreção maior dessa vitamina, mostrando que apesar de a suplementação não ser necessária segundo alguns estudos, isso não quer dizer que não seja um nutriente essencial para o sistema de defesa.
Além disso, a vitamina C pode atuar de maneira efetiva no combate ao envelhecimento. Nosso corpo entra em contato com muitos agentes estressantes como agrotóxicos, produtos químicos, poluição, estresse emocional, e tudo isso produz radicais livres que atacam diversas estruturas do corpo inclusive células da pele, com isso você acelera o envelhecimento. A vitamina C é um antioxidante que previne a ação dos radicais livres, evitando assim um envelhecimento precoce. Porém, não podemos esquecer que a vitamina C é uma das dezenas de substâncias antioxidantes que conhecemos.
A vitamina C ainda tem importante ação no auxílio da absorção do ferro não-heme, que encontramos principalmente nos produtos de origem vegetal, como o feijão, lentilha, vegetais verdes escuros, etc. A vitamina C faz uma ionização de minerais, e essa ionização deixa esses nutrientes numa forma mais facilmente absorvida pelo organismo. Mas, para observar essa ação, a vitamina C deve ser ingerida na mesma refeição em que há alta ingestão de ferro.
A vitamina C possui ainda vários benefícios ao organismo:
- Atua como co-fator ou co-substrato de diferentes enzimas, isso quer dizer que sem a vitamina C essas enzimas não terão um funcionamento adequado;
- Conversão do colesterol em ácidos graxos biliares, ou seja, retira o colesterol que temos no organismo e o transforma em uma enzima que vai auxiliar na digestão alimentar;
- Ação antioxidante;
- Ajuda a “economizar” a vitamina E.
Alguns exemplos de alimentos ricos em vitamina C são as frutas cítricas (laranja, mexerica, limão), mamão papaia, morango, kiwi, melão, tomate, manga, etc. Porém, deve-se tomar cuidado com a forma de consumo destes alimentos, pois a vitamina C é rapidamente perdida na cocção. A estocagem de alimentos frescos por longos períodos também reduz significativamente a concentração desta vitamina. Portanto, o consumo de alimentos frescos in natura da época, é o que mais garante o consumo adequado de vitamina C.
Para determinar a necessidade do indivíduo suplementar-se com essa vitamina o ideal é passar por uma consulta com um nutricionista que através de sinais e sintomas, que irá conseguir traçar a melhor estratégia pra cada um, bem como o nutricionista é o profissional capacitado para avaliar se realmente há necessidade de suplementação, ou se é possível suprir as necessidades de vitamina C pela ingestão de alimentos.
Independente da intenção do consumo da vitamina C, ela deve ser consumida em dosagens fracionadas, num intervalo de tempo de aproximadamente 3h ao longo do dia. Isso porque essa vitamina é hidrossolúvel, isso quer dizer que ela tem afinidade com água, sendo assim, aos poucos ela é excretada pela urina, então ela não é armazenada no organismo e sua concentração vai diminuindo com o passar das horas, por isso tem que ser consumida várias vezes ao dia.
Os suplementos vitamínicos são muito mais necessários do que se imagina, mas só devem ser utilizados com a indicação de um profissional capacitado, de uma forma que seja considerada a sua forma química, a interação do nutriente com outros nutrientes, interação com medicamentos que são utilizados por cada paciente, a qualidade de digestão do indivíduo, horário de consumo, e não da forma que encontramos para comprar. Muitas vezes estamos com o corpo desequilibrado do ponto de vista nutricional, necessitando de uma suplementação de vitaminas e minerais, mas o que se encontra são pessoas sem a suplementação necessária, ou com suplementações mal feitas, com nutrientes pouco disponíveis, sem acompanhamento nutricional e o pior de tudo, podendo piorar o quadro do paciente. Por isso, a individualização é essencial e deve ser acompanhada por profissionais competentes.

FONTE: Vponline.com.br
Reações:

1 comentários:

Para mais informações entre em contato:
acadhemia@gmail.com
83 98730 5644 (só mensagem).

 

Subscribe to our Newsletter

Contact

Email us: acadhemia@gmail.com

Our Team Memebers