ZMA Way - MidWay

 

Estudos revelam que os níveis de testosterona e cortisol são alterados conforme a intensidade e a duração do exercício (1,2). Exercícios de curta duração e alta intensidade ou trabalho de força causam aumento nos níveis de Testosterona. Estudos mostraram que há um aumento de Testosterona imediatamente após exercício intenso, seguido de redução horas após (3).
Da mesma forma foi observado um aumento da Testosterona em indivíduos que se submetiam a um trabalho de força muscular, acreditando que este aumento resultasse das adaptações musculares devido a programas intensivos de sobrecarga muscular (4). Contudo em exercícios de longa duração (acima de 2 h), observa-se queda da Testosterona e aumento do Cortisol, cujas normalizações podem demorar de 18 a 24 h (5).

Nesse delicado balanço hormonal, a nutrição desempenha um papel fundamental. O equilíbrio entre proteínas, minerais e vitaminas assegura o melhor desenvolvimento das funções fisiológicas do organismo tais como o desenvolvimento de tecido muscular, ganho de força física, bem como a otimização da performance.

ZMA é uma fórmula mineral patenteada projetada cientificamente. É um produto que está fazendo o maior sucesso nas lojas de suplementos norte-americanas pelos surpreendentes resultados obtidos por vários atletas e fisiculturistas de renome.

O aumento do desenvolvimento e da recuperação dos tecidos musculares só será perfeita se o seu corpo estiver mantido em um estado ideal por um considerável período de tempo. Vitaminas e minerais são importantes para que esse processo seja eficiente. Muitos estudos têm mostrado excelentes resultados com o uso de minerais específicos.

Não é de se estranhar que fisiculturistas de todo o mundo estão vendo melhores ganhos do que nunca. ZMA tem a pesquisa científica e evidências reais para ser reconhecido como um fantástico produto.


Fontes de Pesquisa:1. De Souza MJ, Arce JC, Pescatello LS, Scherzer HS, Luciano AA. Gonadal hormones and semen quality in male runners. Int J Sports Med 1995;15:383-91.       
2. Fahrner CL, Hackney AC. Effects of endurance exercise on free testosterone concentration and the binding affinity of sex hormone binding globulin (SHBG). Int J Sports Med 1998;19:12-5.       
3. Foss ML, Keteyian SJ. Physiological basis for exercise and sport. 6th edition. Mc-Graw-Hill International Editions, 1998.       
4. Fry RW, Morton AR, Garcia WP, Keast D. Monitoring exercise stress by changes in metabolic and hormonal responses over a 24-h period. Eur J Appl Physiol 1991;63:228-34.       
5. Fry AC, Kraemer WJ, Ramsey LT. Pituitary-adrenal-gonadal responses to high-intensity resistance exercise overtraining. J Appl Physiol 1998;85(6):2352-9.
 
 
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Para mais informações entre em contato:
acadhemia@gmail.com
83 98730 5644 (só mensagem).

 

Subscribe to our Newsletter

Contact

Email us: acadhemia@gmail.com

Our Team Memebers